unidade industrial da inapal metal

palmela

++

Esta unidade industrial dedica-se à produção de componentes metálicos para automóveis, inserida no complexo industrial AUTOEUROPA e é composta por dois núcleos aparentemente autónomos e de cérceas iguais: 1º núcleo – duas naves e uma grande pala que incorporam armazenamento de matérias primas as diferentes secções de produção e a expedição; 2º núcleo – uma área social e técnica com dois pisos.

O espaço exterior é organizado em função das circulações de veículos, dos fluxos de matérias-primas e produtos acabados.

A proposta arquitectónica para além das condicionantes urbanísticas, de prazo, custo, e a “defesa” do conceito formal, adopta a mesma estratégia do projecto da Inapal Plásticos, que se resume no essencial na estandardização dimensional (módulo de 7mx7m) que gera o espaço, materiais pré-fabricados e pormenores-tipo para que as soluções construtivas sejam o mais possível racionalizadas.

A pesquisa centra-se na “pele” do edifício que se baseia na procura de um só material de revestimento (chapa metálica trapezoidal), que se adapta e uniformiza todas as situações de projecto. O material torna-se conceito e síntese da solução.

Explora-se a versatilidade do material quanto às diferentes aplicações e orientações, chapas estandardizadas quando é necessário encerrar; chapa cortada às fatias e fixas em forma de favo de abelha quando é necessário iluminar, sombrear e ventilar.

A linguagem da obra tem por referência a linguagem das linhas curvas do automóvel.

ProjectoFevereiro de 2006 – Julho de 2006

ConstruçãoAbril de 2006 – Agosto 2006

ClienteInapal Metal S.A.

LocalizaçãoPalmela, Portugal

ArquitectosFrancisco Vieira de Campos e Cristina Guedes

ColaboraçãoCristina Maximino, Vânia Maia, Nélson Cambão, Ana Matias, Luís Campos, Eduardo Leitão

EspecialidadesAfaconsult

PaisagismoManuel Pedro Melo

MobiliárioUniscala

ConstrutorEdimarante

FotografiaFernando Guerra | FG + SG

inapal plasticos
+conteúdo